Bizarrices de Participantes de Reality Show – Big Brother e Participantes

Os Reality Show são uma categoria de programa cuja audiência tem crescido muito nos últimos anos. A oportunidade de bisbilhotar a vida alheia tem arrebatado milhões de pessoas pelo mundo.

Essas pessoas geralmente assistem ao programa na esperança de que algo extremamente incomum aconteça, como brigas, barracos e situações extremas.

No Brasil a situação mais extrema foi o acidente vascular cerebral (conhecido pela sigla AVC) que acometeu a participante Marielza de Souza durante a 5ª edição do BBB 2020, reality show de maior audiência do país. Felizmente a produção do programa estava bem preparada e conseguiu remover a participante e levá-la para um hospital a tempo de evitar maiores complicações.

No entanto as situações mais estranhas que já aconteceram ocorreram em edições internacionais desse tipo de programa.
Para tentar disciplinar os jogadores, o México declarou que a próxima edição de sua versão do Big Brother vai punir com castigos físicos os participantes do BBB 2020 que se excederam.

Barraco em Portugal

Em 2001 foi exibida a primeira versão portuguesa do Big Brother. Um participante estressadinho acabou brigando com outro e agrediu seu oponente com socos e chutes. A produção do programa foi obrigada a entrar no cenário e separar os brigões. O participante que começou a briga foi punido de acordo com o regulamento do programa, que previa expulsão sem necessidade de votação BBB 2020 para esse tipo de problema.

Outro fato estranho que não aconteceu durante o programa mas foi conseqüência dele foi a tentativa de suicídio de um ex-participante do programa lusitano. Em 2004, três anos após ganhar o premio um participante tentou o suicídio. Acabou preso pouco depois por correr pelado pela cidade.

Sacanagem nos Estados Unidos

Pior do que bater foi o que fez uma americana em 2002, durante a exibição da 2ª edição do Big Brother norte americano. Para sacanear um desafeto, a participante pegou a escova de dentes do outro participante e a usou para limpar a privada. Depois, colocou a escova novamente no lugar como se não tivesse feito nada, na maior cara de pau.

A produção do programa ficou com medo do participante sacaneado pegar alguma infecção e o avisou do incidente.

Briga de Ingleses

Em 2004 a 5ª edição do Big Brother inglês estava no ar quando dois participantes se estranharam. A briga rendeu um belo barraco, com direito a objetos voadores e até ameaças de morte.

Na mesma edição do programa o público foi presenteado ainda com outra ceninha, dessa vez quando uma participante resolveu arrancar uma das câmeras instaladas na casa, colocou palha em cima e falou que ia colocar fogo no equipamento.
A produção do programa interferiu a tempo e evitou que a doida cumprisse o prometido, e ainda a ameaçou de expulsão.

Quem pode solicitar Financiamentos Estudantis?

Podem solicitar o financiamento os estudantes pré-selecionados no processo seletivo do FIES em cursos presenciais de graduação não gratuitos com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), oferecidos por instituições de ensino superior participantes do Programa, e que atendam as demais exigências estabelecidas nas normas do FIES para essa finalidade.

São avaliados os critérios:

  • Nesta edição o aluno não pode ter menos de 450 pontos no ENEM e muito menos zerar na redação;
  • Os alunos que prestaram a prova desde 2010 podem utilizar como seleção;
  • Os alunos com matrícula em nível superior;
  • Estar dentro dos requisitos do edital do curso;
  • Ter uma educação básica com conclusão;
  • Apresentar renda abaixo de três salários.
  • O aluno que não participou das etapas regulares do FIES de 2020, agora pode participar.

Clique neste link para saber todos os detalhes de Como Funciona o FIES 2020 e como se inscrever no programa, fique por dentro de tudo.

Quem não pode se inscrever no Programa?

Infelizmente, há regras para participar da seleção do FIES 2020. Não podem se inscrever no SISFies, o candidato:

  • O mesmo não foi selecionado pelo MEC;
  • Que esteja com a matrícula do curso superior trancada no momento da inscrição;
  • Que já tenha sido beneficiado pelo FIES, exceto aqueles que apresentarem um documento que comprove que não chegaram a usufruir do financiamento;
  • Devedor Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
  • Já recebe benefícios de bolsa integral (100%) do ProUni;
  • Favorecido de bolsa parcial do ProUni outros cursos diferentes da inscrição no FIES;
  • Que participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e obteve nota nas provas menor que 450 pontos e/ou tirou zero na redação;
  • Com renda familiar, por pessoa, superior a três salários mínimos.

Como Funciona?

O Fiador é quem se responsabilizará a pagar sua dívida, caso você não cumpra com suas obrigações e pague o Fies após se formar.

Não é fácil encontrar alguém que possa ser seu fiador, pois é preciso que a pessoa tenha uma boa renda além de confiar em você que você não o prejudicará.

Pensando em tudo isso o MEC liberou fazer o FIES sem Fiador. Pois é, agora você não precisa ficar procurando alguém para assumir este papel.

Aqui neste post de FIES 2019 Sem Fiador você poderá saber o passo a passo para fazer este processo.

Vale a pena investir em cursos de Recursos Humanos

Curso de Administração de Recursos Humanos gratuito para quem já está trabalhando no setor de RH ou deseja trabalhar, tem saber lidar com o capital humano, analisar a empresa como um todo e ter visão de negócios.

O profissional de HR é responsável por encontrar soluções que proporcionem vantagens no mercado competitivo e ajudar o funcionário a alcançar as suas metas dentro da empresa, trazendo assim o crescimento para ambos. A maneira mais eficaz de aprender sobre essa profissão, atualizar ou complementar os conhecimentos, é estudar cursos online como os que a Prime Cursos do Brasil oferece gratuitamente.

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

Se você já possui conhecimento ou não tem nenhum conhecimento na área de administração de RH, mas tem muita vontade em aprender ou apenas se atualizar sobre o assunto, você pode realizar os estudos sim e gratuitamente. Você aprenderá de forma simples os principais conceitos e rotinas da área de recursos humanos, essenciais em empresas de pequeno, médio ou grande porte, independentemente da quantidade funcionários, já que a regra vale para todos os RHs das empresas.

Sabe-se que alguns cursos possuem valores elevados e muitas pessoas não conseguem arcar com os gastos, sendo assim, você pode tentar realizar um curso gratuito, caso não consiga ainda pode se inscrever no Educa Mais Brasil e concorrer a bolsas de estudos de até 70% em diferentes cursos.

O programa Educa Mais Brasil disponibiliza cursos desde a educação básica até a pós-graduação, dessa forma, qualquer pessoa pode se inscrever e aproveitar dos benefícios do programa. Outra vantagem é que você pode realizar a inscrição durante o ano todo, não há prazo estipulado.

Esse curso é indicado também para pessoas que pretendem prestar concursos públicos, conseguir um emprego novo, um cargo melhor. Também pode ser utilizado por estudantes que desejam ter horas de estudos extracurriculares em sua área. Os cursos foram desenvolvidos em linguagem clara e objetiva para o aluno aprender as noções sobre:

  • As políticas de rh;
  • Planejamento estratégico;
  • Legislação trabalhista;
  • Cálculos da folha de pagamento; e muito mais.

O conteúdo programático é elaborado e dividido por partes para o aprendizado se torne menos cansativo e que você possa rever certas partes que possa ter dúvidas. Confira abaixo:

  1. Cultura Organizacional – Introdução e Conceitualização
  2. As Políticas de RH
  3. Elementos da Cultura Organizacional
  4. Desenvolvimento e Manutenção da Cultura
  5. O Papel da Liderança
  6. Cultura Empreendedora
  7. Avaliação de Desempenho
  8. Métodos e Instrumentos na Avaliação de Desempenho
  9. Padrões de Desempenho
  10. Planejamento Estratégico
  11. Metodologias Básicas de Planejamento
  12. Estrutura do Planejamento de Recursos Humanos
  13. Elaborando um Programa de Treinamento
  14. Executando um Programa de Treinamento
  15. Administração de Pessoal: Admissão de Empregados
  16. Legislação Trabalhista
  17. Cálculo de Horas
  18. Encargos Sociais
  19. Cálculo de Férias
  20. Cálculo do 13° Salário
  21. Cálculo de Rescisão Contratual
  22. Folha de Pagamento
  23. Tabelas
  24. Glossário
  25. Qualidade Total no Gerenciamento dos Recursos Humanos

O curso de Administração em Recursos Humanos é gratuito, você se cadastra e estuda os cursos sem pagar nada. Mas se desejar receber o certificado de conclusão do mesmo, aí sim, terá que pagar uma taxa de envio para a administradora do curso.

Governo busca melhorar o atendimento para o cidadão

O Seguro Desemprego sempre está na mídia, e diante ampla divulgação, é notório que o benefício do Seguro Desemprego passando por inúmeras alterações, sempre buscando melhorar o atendimento a quem precisar do benefício.

Se você alguma vez já se viu desempregado, ou conhece alguém que vivenciou essa situação, com certeza sabe da importância desse benefício, sabe também que até pouco tempo atrás não existia outra alternativa a não ser enfrentar filas e filas, realizando tudo pessoalmente nos postos do MTE, na busca de receber o benefício.

Temos uma boa notícia para você. Ficou bem mais fácil contar com esse benefício, isso porquê com o avanço tecnológico das últimas décadas, o governo tem investido em sistemas de automação, assim hoje temos o SAA (Sistema de Atendimento Agendado) que hoje já está disponível e operando em alguns postos do MTE.

O Governo Federal criou ao cidadão mais uma vantagem, a plataforma MEU INSS, que funciona de forma online e disponibiliza ao cidadão a consulta de serviços, atendimento, agendamentos e muito mais.

O SSA (Sistema de Atendimento Agendado) visa agilizar o atendimento e evitar as longas filas, literalmente marcando um horário para cada pessoa, o que diante da atual crise econômica, que assola nosso país, tem se mostrado eficaz. Uma vez que com o número de empregados dispensados sem justa causa, têm aumentado consideravelmente nos últimos meses.

Caso você tenha sido dispensado sem justa causa, sabe que tem direito ao Seguro Desemprego e está prestes a dar entrada no Seguro Desemprego, saiba que com o SAA, você pode evitar filas e perder tempo.

Vale lembrar que o SAA (Sistema de Atendimento Agendado) ainda não está disponível em todos os postos do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego). No momento do agendamento você será informado sobre eventual indisponibilidade do agendamento online em sua cidade.

Para realizar seu agendamento acesse o site do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego). Preencha os dados do formulário com seus dados, em seguida o site irá gerar uma data e horário no qual você deverá comparecer com a documentação necessária ao posto do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), selecionado.

Se não for possível comparecer na data e horário agendados, você deve utilizar a opção de “reagendamento”, na qual o site irá gerar nova data e horário para o seu comparecimento. Está passando por dificuldades com o agendamento? Montamos um passo a passo para você:

Assim que você entrar no site, vai encontrar opções para a seleção do estado e município. Basta seleciona-los A partir daí uma nova janela será aberta: “Agendar Atendimento”.

Você encontra a opção “Reagendar”, no canto superior esquerdo do site, útil nos casos onde você não poderá comparecer na data e horário previamente estabelecidos. Na opção “Informações do Agendamento”, você deve escolher: seu estado, o município, bem como a unidade de atendimento e o tipo de atendimento.

Entre as diversas opções, você encontra a opção “Entrada no Seguro Desemprego”. Após clique em prosseguir. Na janela seguinte insira seu CPF, sua data de nascimento e um telefone para contato, em seguida clique em prosseguir.

Na sequência você encontrará um calendário, selecione uma das datas disponíveis. Após um novo quadro com os horários também será aberto, escolha o melhor horário e clique em prosseguir. Caso você não possa comparecer utilize a opção “Reagendar”. Vale lembrar que além do seguro desemprego você pode agendar outros serviços do MTE, a exemplo da emissão da sua Carteira de profissional.

Como efetuar a inscrição no Exame do MEC para ingressar no Ensino Superior

Muito em breve estarão abertas as inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2019. Neste artigo os estudantes poderão saber como efetuar inscrição, além de obter informações importantes sobre o exame.

O Enem 2020 é indispensável àqueles que buscam ingressar no ensino superior, pois é através da participação no exame que os estudantes se tornam aptos a concorrer às vagas oferecidas pelos programas do Governo Federal, como Prouni – Programa Universidade Para Todos e Sisu – Sistema de Seleção Unificada.

Enquanto o Prouni seleciona estudantes de baixa renda para bolsas integrais e parciais em instituições particulares o Sisu distribui vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país.

A partir do início do ano já começarão a surgir as primeiras informações sobre o Enem 2020, mas como o exame é aplicado nestes novos moldes dede 2009 já há uma previsão do cronograma, inclusive sobre quando será possível realizar a inscrição Enem

O Edital do exame deve ser divulgado pelo MEC – Ministério da Educação juntamente com o INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira entre abril e maio. Até o momento nenhuma alteração foi anunciada para o exame.

Com a divulgação do edital os estudantes poderão conhecer todas as regras e datas do Enem 2019, como o prazo das inscrições, a data das provas, da divulgação dos gabaritos oficiais e também do resultado final.

Como efetuar a Inscrição Enem?

A inscrição PROUNI 2020 , assim como nos anos anteriores, estará disponível entre maio e junho e a única forma possível de se inscrever no exame é através de seu site oficial, no endereço eletrônico.

Para se inscrever no Enem 2019 será necessário informar vários dados pessoais e familiares, inclusive dados socioeconômicos, como a renda familiar. Também é durante a inscrição que o estudante opta pela língua estrangeira (inglês ou espanhol) e pela cidade onde fará as provas nos dois dias do exame.

Aqueles que estudam em escola pública e vão concluir os estudos em 2019 não precisam pagar a taxa de inscrição, pois são automaticamente isentos. Os demais devem imprimir o boleto (GRU) e pagar até a data estabelecida de vencimento. Quem não observar e obedecer a este prazo estará automaticamente eliminado do Enem 2019.

Os estudantes de baixa renda podem ainda, durante a inscrição, realizar a declaração de carência e solicitar isenção do pagamento da taxa. Caso o pedido seja deferido o estudante não precisa pagar a taxa. Em caso de indeferimento, deverá imprimir e pagar o boleto.

Em breve traremos mais informações sobre o Exame Nacional do Ensino Médio de 2019. Aguardem!

Preparo para ser aprovado na CNH

      Nenhum comentário em Preparo para ser aprovado na CNH

Pelo Simulado DETRAN MG é possível conhecer como funciona o exame teórico.  Através deste preparo o candidato tem uma chance de se classificar. Para passar pelo exame teórico será necessário realizar o Simulado DETRAN MG. Veja a seguir como funciona este sistema.

Para saber como ter a sua CNH o candidato deve passar na primeira etapa de testes do exame teórico. Confira como ele funciona.

Lembre-se que os proprietários de veículos possuem diversas obrigações, entre elas está o pagamento de taxas, como o Licenciamento, IPVA e o Seguro Obrigatório DPVAT.

Direito a Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

A primeira habilitação é concedida quando o candidato passa nos exames realizados pelo DETRAN. As categorias disponíveis são A ou B.

Com validade de um ano ela só pode ser usada período de 30 dias após o período estipulado. Depois de um ano é concedida ao motorista a carteira definitiva se o mesmo não cometeu infração grave ou gravíssima.

As categorias são:

  • Categoria A: motocicletas (duas ou três rodas).
  • Categoria B: veículos motorizados cujo peso máximo autorizado não exceda a 3,5 toneladas e não ultrapasse oito lugares, além do condutor.

Para retirar a CNH os pré-requisitos são:

  • Possuir cadastro no DETRAN;
  • Possuir carteira de identidade;
  • Possuir CPF;
  • Saber ler e escrever;
  • Ser maior de 18 anos;

Para o processo é preciso fazer os exames médicos e psicotécnicos. Depois são feitos o curso teórico e a prova e se passar o candidato segue para a prova prática.

Exame teórico

O exame teórico permite verificar as noções de trânsito. Nesta prova são 30 questões de múltipla escolha. As questões abrangem: Legislação, Direção Defensiva, Primeiros Socorros, Meio Ambiente e Cidadania.

O candidato só é aprovado no exame se ele acertar no mínimo 70% das questões. No entanto, para fazer a prova é preciso que o mesmo tenha feito exames médicos de aptidão.

Depois o interessado pode entrar em contato com Centro de Formação de Condutores (autoescolas) tipo A ou AB para começo das aulas.

Para a prova a carga horária do curso teórico é de 45 horas e auxilia no exame prático.

Simulado DETRAN MG

O Simulado DETRAN MG não possui página oficial, porém é possível se preparar com a prova de outros estados.

O órgão oferece a oportunidade de o candidato simular seu conhecimento da prova oficial. O teste é gratuito e parecido com a prova.

As questões são oficias e são definidas em um banco de dados do DETRAN, por isto é possível que até caiam na prova original. Para fazer, veja a seguir as orientações.

Mesmo que o DETRAN MG não ofereça esta página, o usuário pode fazer o teste nos sites:

  • DETRAN PR
  • DETRAN SP
  • DETRAN RJ
  • DETRAN BA
  • DETRAN ES
  • DETRAN PE
  • DETRAN RS
  • Em seguida basta seguir as dicas para iniciar o teste;
  • Antes de começar escolha o tipo da prova;
  • Coloque as orientações conforme a página;
  • Para inserir as respostas utilize o teclado ou mouse.

Informações sobre Impostos Automotivos no Rio de Janeiro

Os contribuintes proprietários de veículos automotores do Estado do Rio de Janeiro poderão conferir abaixo informações sobre o IPVA 2020, como valores, alíquotas consultas, tabelas, vencimentos e 2 Via no DETRAN RJ.

O IPVA Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores no Rio de Janeiro tem a Secretaria de Estado da Fazenda – SEFAZ RJ e o Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN RJ como responsáveis pelo recolhimento.

O imposto deve ser pago todos os anos pelos proprietários de veículos automotores, independente da categoria. Além do IPVA, outro imposto que deve ser pago todos os anos é o Licenciamento Distrito Federal.

Para calcular o valor a ser pago de IPVA anualmente o contribuinte deve multiplicar dois valores: o valor venal do veículo e a sua alíquota correspondente.

O valor venal de um veículo é o seu valor normal de mercado. No Estado do Rio de Janeiro é utilizada a Tabela FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas para veículos usados. Já para veículos novos é considerado o valor constante na nota fiscal de compra.

Para o Licenciamento 2020 Bahia a alíquota continua a mesma: 2% para todos os veículos. A exceção é para os veículos novos comprados para locadoras, que terão a alíquota de 1%%. Já as motos de 125 cilindradas estão isentas do pagamento do imposto.

Datas de Vencimento e Pagamento IPVA Rio de Janeiro

O tributo incide sobre os mais de 600 mil veículos no estado, e arrecadação estimada é de aproximadamente R$ 130 milhões.

O calendário de vencimentos tem início em janeiro e término somente em novembro. Os vencimentos se dão de acordo com o número final da placa.

Veja ainda informações sobre o pagamento do Licenciamento 2019 RJ.

Os contribuintes têm duas opções de pagamento: à vista com desconto e parcelado sem desconto.

O pagamento à vista deve ser efetuado até o vencimento da terceira e última parcela e o desconto concedido é de 10%.

Já o pagamento parcelado é em três vezes com vencimentos em meses consecutivos. Muita atenção aos meses de vencimento, que diferem conforme a placa.

O pagamento parcelado deve ainda ser solicitado ao DETRAN RJ com dois meses de antecedência.

2 Via e Consulta do IPVA Rio de Janeirono DETRAN

Para efetuar consultas do IPVA RJ 2019 e emitir a 2 Via de documentos para pagamento acesse o site oficial do DETRAN, disponível no endereço eletrônico.

Informações sobre o IPVA poderão ser obtidas também junto da SEFAZ.

Hospitais filantrópicos pedem socorro à Assembleia Legislativa

A constatação da deterioração das finanças dos hospitais, representantes da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Paraná (Femipa) acabaram de sair de uma reunião na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. Os médicos Álvaro Luis Lopes Quintas e Charles London, vieram pedir socorro para a mobilização que iniciaram hoje.

Entre as reivindicações, está a volta da cobrança, pelos hospitais, dos atendimentos a pacientes vítimas de acidentes de trânsito. Até dezembro do ano passado, o DPVAT podia ser pago diretamente aos hospitais. Agora, não pode mais, graças a uma Medida Provisória aprovada no Congresso Nacional, feita a pedido da Federação Nacional das Seguradoras. Também pedem reajuste da tabela do SUS.

“A cada R$ 100,00, os hospitais perdem R$ 35,00. E as perdas se acentuam cada vez mais. E isso significa redução da oferta de leitos, dificuldades na assistência médica, dificuldades tecnológicas, entre outros problemas gerados pela insuficiência de recursos”, reclamou, Charles London.

Segundo Álvaro Quintas, em 15 anos, a tabela foi reajustada em 46%, enquanto que a inflação, nesse período, ultrapassou 450%. E tem mais, ele contou que, em 10 anos, o Paraná perdeu 100 hospitais, que fecharam por falta de recursos. O deputado Ney Leprevost (PP), presidente da Comissão de Saúde da AL, encampou a ideia da mobilização e disse que vai partir do Paraná uma campanha, com a expectativa de recolher 100 mil assinaturas, para regulamentação da emenda 29 e o reajuste da tabela do SUS.

A constatação da deterioração das finanças dos hospitais, representantes da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Paraná (Femipa) acabaram de sair de uma reunião na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa. Os médicos Álvaro Luis Lopes Quintas e Charles London, vieram pedir socorro para a mobilização que iniciaram hoje. Entre as reivindicações, está a volta da cobrança, pelos hospitais, dos atendimentos a pacientes vítimas de acidentes de trânsito.

Até dezembro do ano passado, o seguro DPVAT MG podia ser pago diretamente aos hospitais. Agora, não pode mais, graças a uma Medida Provisória aprovada no Congresso Nacional, feita a pedido da Federação Nacional das Seguradoras. Também pedem reajuste da tabela do SUS. “A cada R$ 100,00, os hospitais perdem R$ 35,00. E as perdas se acentuam cada vez mais. E isso significa redução da oferta de leitos, dificuldades na assistência médica, dificuldades tecnológicas, entre outros problemas gerados pela insuficiência de recursos”, reclamou, Charles London.

Segundo Álvaro Quintas, em 15 anos, a tabela foi reajustada em 46%, enquanto que a inflação, nesse período, ultrapassou 450%. E tem mais, ele contou que, em 10 anos, o Paraná perdeu 100 hospitais, que fecharam por falta de recursos. O deputado Ney Leprevost (PP), presidente da Comissão de Saúde da AL, encampou a ideia da mobilização e disse que vai partir do Paraná uma campanha, com a expectativa de recolher 100 mil assinaturas, para regulamentação da emenda 29 e o reajuste da tabela do SUS.